– Adorar os Mestres é Correto? – Qual é a Legitima Adoração?

Muitos evangélicos acusam os estudantes da Grande Fraternidade Branca de adoradores dos Mestres Ascensos. Eles afirmam que só devemos adorar a Jesus, porque ele é Deus! Os alunos dos mestres chegam para nós pedindo maior entendimento sobre isso.

Então, o nosso estudo de hoje é sobre - Qual é a “Legítima Adoração”?

Antes de mais nada vamos deixar claro sobre o que é este título de Mestre Ascenso.

Os Mestres Ascensos são aquelas Almas que um dia deixaram de reencarnar, por seu mérito absoluto e conquistaram o direito à Ascensão. Eles venceram o medo e o apego à matéria. Seu amor por Deus era tão grande que eles não mais precisaram reencarnar, pois se elevaram aos céus.

Muitos dos Santos da igreja católica são hoje Mestres Ascensos, mas nem todos. Para atingir a Ascensão é necessário santificar-se e cumprir o plano divino. Para santificar-se é necessário viver em comunhão com Deus.

Muitos que se santificaram, não cumpriram seu plano divino porque não havia chegado a hora certa. Nosso plano divino pode exigir inúmeras encarnações futuras. São José, por exemplo, já era um homem santo, mas com muito ainda por fazer em vidas posteriores.

E qual é o significado da palavra adorar? De acordo com o dicionário, “Adorar” significa: “Render ou prestar culto a; idolatrar uma divindade. Demonstrar excesso de admiração por; e venerar/cultuar algo ou alguém”.

Pelo que vemos, se nós seguirmos o dicionário, não há problema algum em adorar um Mestre Ascenso. E realmente muitos dos estudantes da Grande Fraternidade Branca, adoram os Mestres.

Não posso falar pelos outros, mas se adorar também é demonstrar excesso de admiração, então eu adoro os Mestres, porque eu os admiro tremendamente e a tudo o que eles já realizaram.

Mas durante toda a minha vida eu sempre compreendi que adorar, adorar mesmo, é idolatrar, e isso pertence apenas a Deus. Idolatrar é: “Colocar algo ou alguém em um pedestal, dedicando uma devoção desmedida, sem tamanho, completa, total e absoluta”.

Nós, chelas dos Mestres Ascensos, devemos admirá-los e respeitá-los como sendo nossos irmãos “mais velhos”, “mais evoluídos” e conhecedores da espiritualidade mais elevada. Eles são aqueles que já trilharam o Caminho e que podem nos guiar para mais perto de Deus, mais rapidamente e com segurança. E acima de tudo, nós desejamos ajudar os mestres na sua missão de libertação da humanidade da roda viva de reencarnações.

Os ditados dos Mestres Ascensos são o nosso “Mapa do Caminho” que precisamos estudar! Os Mestres Ascensos sabem que nós podemos ter predileção por este ou por aquele Mestre, e eles não ficam nem um pouco tristes por causa disso. Podemos ter momentos de adoração aos mestres, e isso não é problema algum. Buscamos a comunhão com eles com todo o nosso coração, amor e admiração.

Mas ninguém está acima do criador do universo, este é o nosso objetivo principal, estarmos todos ao redor de Deus, bem próximos d’Ele, pois a nossa meta é a Ascensão, e Ascensionar é unir-se à Presença Eu Sou, Unir-se a Deus!

Por outro lado, algumas pessoas consideram Jesus como Deus. E isto, nós da Grande Fraternidade Branca discordamos. Jesus trouxe para o mundo o conhecimento do Cristo Universal e do Espírito Santo, a quem ele representou com maestria, e ele ainda representa o Cristo para todos.

Mas nada como o grande criador do universo a quem nós interpretamos como sendo Deus Pai-Mãe divinos, Alfa e Ômega no centro do universo, se estendendo por toda a parte, e acima de tudo, representado pela Hierarquia Celestial, e pela nossa Poderosa Presença Eu Sou.

Quando falamos da Poderosa Presença Eu Sou, estamos falando do EU SOU O QUE EU SOU individualizado para nós. Deus cuidando de nós, individualmente.

Quando fazemos alguma pergunta para Ele, é através do nosso Santo Cristo Pessoal que Ele nos responde. E não ouviremos Sua Palavra, mas saberemos em nossas mentes, tão fortemente como se tivéssemos ouvido Sua voz.

E para mim, uma das maiores falhas dos estudantes, é buscar falar somente com os Mestres Ascensos. A grande evolução espiritual acontece quando falamos com Deus, com a nossa Poderosa Presença Eu Sou que nos acompanha, sobre todas as coisas e em todos os momentos.

Um Mestre Ascenso é aquele que se uniu à sua Poderosa Presença Eu Sou. E seguindo seus passos, nós, estudantes dos Mestres Ascensos, também nos uniremos à nossa Presença Eu Sou.

Então, vejam que voltando a falar de adoração, e lembrando que adorar mesmo, é colocar toda a atenção constante em alguém, e que para onde nós colocamos a nossa atenção, é para lá que nós vamos, o ideal mesmo é adorar a Deus com todo o nosso foco e atenção.

Nosso ídolo é Deus. E ninguém mais!

Jesus nos mostrou e demonstrou este Deus, mas ele mesmo, até o final de sua vida, falava com Deus!

Na Bíblia, lemos que a última frase que Jesus falou para Deus foi: "Pai, nas tuas mãos entrego o meu espírito." Essa frase é registrada no Evangelho de Lucas, capítulo 23, versículo 46: "E, clamando Jesus com grande voz, disse: Pai, nas tuas mãos eu entrego o meu espírito. E, havendo dito isso, ele rendeu o espírito."

Essa fala é uma expressão final de entrega e confiança de Jesus a Deus, indicando a conclusão de sua missão e sua entrega total ao Pai.

Assim vemos que Jesus não é Deus, ele foi e a expressão de Deus na Terra, mas não é Deus.

Todos nós que desejamos atingir a Ascensão, precisamos jogar a na nossa âncora, a nossa atenção total, a nossa confiança, e todas as nossas dúvidas, o nosso amor total, na Presença de Deus.

Mas é importante que o chela compreenda e respeite a importância da Hierarquia. Os Mestres Ascensos são parte da Hierarquia e fazem parte do Corpo de Deus. Então, nós não apenas almejamos ascender ao lado do Pai, como também, aspiramos ser parte da Hierarquia divina. Hierarquia esta, que trabalha para a evolução das consciências dos filhos da luz ainda encarnados, e consecutivamente para a elevação e libertação do próprio planeta Terra.

A Presença EU SOU é parte de nós. É aquele que coloca o seu Tubo de Luz protetor sobre nós, e nos supre de luz, de vida, dia e noite, através do Cordão de Cristal.

Os Mestres Ascensos facilitam o nosso Caminho, nos acompanham e nos ensinam, mas não são parte de nós, do nosso ser, assim como a Presença de Deus é.

O EU SOU O QUE EU SOU é aquele que nos diz constantemente: “Olhe para mim e suba aqui, para o éter divino! Chega de viver em emoções e desejos constantes pela matéria! Chega de ter medo! Chega de ansiedades! Una-se a mim, agora!”

Os Mestres Ascensos são aqueles que nos dizem: “Olhe para Deus e ame-o com todo o seu coração! Escale esta montanha de Amor Divino! Agrade a Deus ensinando o Caminho da Presença EU SOU para todos os que ainda estão presos à ilusão da matéria, ao egoísmo e ao medo! Liberte seus irmãos do sofrimento da carne!”

Nós também podemos adorar o Espírito Santo, o Cristo e a Mãe Divina, pois são partes de Deus. Eles representam a consciência do EU SOU O QUE EU SOU em ação para a nossa salvação aqui na Terra. Estudem as aulas do Ciclo do Relógio Cósmico para entenderem mais sobre o assunto.

Neste sentido, adorar ao Cristo-Jesus é legítimo, pois ele representa o Cristo para toda a humanidade, mas devemos lembrar que o Mestre Ascenso Jesus, nos considera como irmãos mais novos no Caminho.

E quando então nós devemos colocar a atenção nos Mestres?

Comece estudando os ensinamentos dos Mestres Ascensos ditados através dos mensageiros que indicamos. Cuide para não se perder com falsos mensageiros. Nós indicamos os mensageiros Guy e Edna Ballard (do Movimento I AM), Geraldine Innocente (da Ponte para a Liberdade), e Mark e Elizabeth Clare Prophet (da The Summit Lighthouse).

Lembrem-se! Quando alguém lhes mostrar um ditado de Saint Germain ou de outro mestre, imediatamente pergunte quem foi o mensageiro que trouxe esta mensagem? Não perca tempo com mensagens que não tenham vindo destes mensageiros.

Podemos amar ter este contato com os Mestres Ascensos. Podemos conversar com eles e aguardar a resposta, que é certa, pois eles são os nossos instrutores mais elevados. Mas amar a Deus acima de tudo, ainda continua sendo o primeiro mandamento ensinado por Jesus!

Os Mestres trabalham para nos guiar até a nossa Poderosa Presença Eu Sou. Mestre algum deseja ser adorado e idolatrado, pois eles sabem que a adoração pertence ao Senhor.

Podemos pedir aos chohans dos sete raios para que intensifiquem aquela chama que estamos trabalhando. Eles são os diretores dos sete raios para a humanidade e para o planeta.

A adoração da chama é legítima, porque a chama é a manifestação de Deus. Quando fazemos um decreto da chama violeta ou da chama azul, por exemplo, nós nos unimos a esta chama, e unir-se à chama é permitir que a consciência desta chama penetre todo o nosso ser e consciência, para que possamos evoluir neste nível de consciência que a chama nos traz. Assim, os decretos devem ser feitos com receptividade total. Porque quando adoramos a chama, nós nos fundimos a ela.

Quando fizer decretos de chama azul, funda-se a esta chama porque ela vai te transformar, vai te fazer uma pessoa melhor, trazendo a vontade de Deus para todo o seu ser, pense nisso!

Paulo R Simões – www.eusouluz.com.br


- Ao copiar nossas páginas, indique sempre o web site - www.eusouluz.com.br -


- Colabore para a Expansão da Luz! -


Voltar para a Página Anterior

 Conhecer Outras páginas