COMO CONFESSAR OS PECADOS?

- O PERFEITO AMOR EXPULSA O MEDO 2/3 -

Pérola de Sabedoria Vol. 44 No. 6

Aula da Mensageira Elizabeth Clare Prophet,
Ensinando na Summit University

Tradução e comentários entre parênteses, de Paulo R Simões.


Quando o medo assume a forma de karma humano, o perfeito amor que o expulsa é o fogo sagrado que se origina no coração. Ele é um fogo intenso, ardente e devorador que emitirá calor enquanto a química da transformação estiver ocorrendo dentro do templo do corpo.

 

O ensinamento da Fraternidade sobre o assunto é que o calor fervente de nossa devoção ao amor será duplicado em nosso chakra do coração para o sol de cada célula, proporcionalmente à medida que essas células forem purificadas. O calor do fogo sagrado causa uma mudança na química da célula física.

 

Esta é a declaração da Fraternidade no quinto raio da ciência. Este é o grande mistério de cada célula, se tornar o Santo Graal. O fogo sagrado no centro da célula é magnetizado para o sol físico da célula por causa do fluxo em forma de oito de sua devoção.

 

Em seguida, ele começa a crescer e, finalmente, atinge o ponto de calor ideal, da mesma forma que você colocaria fogo sob uma chaleira e ferveria água. Quando a chaleira apita, a água borbulha e se transforma em vapor, que eventualmente evapora. Da mesma forma, o fervor do amor em cada célula, realmente derrete o medo e causa uma ação química muito parecida com a evaporação.

 

Os gases do medo são liberados. Eles sobem e são consumidos pela espiral em forma de oito, do Sol por detrás do sol, até o centro da célula, e pela espiral em forma de oito, de sua Poderosa Presença EU SOU até a chama do seu coração.

 

Este processo de purificação ocorre em você, célula por célula. Tem que ocorrer célula por célula, porque, como eu expliquei (no primeiro vídeo desta aula), o medo e a substância do medo tornaram-se parte dos quatro corpos inferiores e de cada célula, individualmente, ao longo dos séculos.

 

Portanto, não há outra maneira de o medo sair de você, exceto ser cozinhado pelo amor (transformado, recuperado pelo fogo sagrado). Esse é o mistério da célula se tornando no Santo Graal. Não há outra porta pela qual você possa entrar, exceto a porta do Sagrado Coração do Salvador (o Cristo). Para passar por esse coração, você deve ter o Perfeito Amor.

 

Quando você tem o perfeito amor, o medo se derrete, e Deus não precisa destruir o corpo para destruir o medo. Deus deseja deixar as nossas almas e os nossos veículos, intactos, pois Ele deseja que os nossos corpos etéreo, mental, emocional e físico, passem pela chama da ascensão.

 

Sem Amor, Você Destrói o Corpo, Não o Medo

 

Se o amor não existisse, você pode imaginar o método alternativo (para destruir o medo). Você pode se imaginar como um animal e pode ver como o medo interpenetra toda a forma, mesmo quando a luz de Deus e Sua vontade penetram nessa forma. Desta forma, a única maneira de chegar a esse medo é cortá-lo, massacrá-lo, destruindo o animal, enquanto você destrói o medo.

 

Isso é uma loucura. Isso é o que leva as pessoas ao assassinato, à guerra e a todas as atrocidades. Isso é o que acontece com os loucos quando eles são tomados por todos os tipos de horror baseados em seu próprio medo.

 

Eles imaginam em outra pessoa a pessoa suprema do mal, e a maneira de se livrar dessa pessoa má, é destruir o seu veículo físico, o corpo. No entanto, ele não foi destruído de forma alguma, porque a única maneira de destruir o medo e todas as formas de escuridão na Terra é pelo perfeito amor, pela transmutação.

 

Nós Devemos Renunciar ao Medo para Receber a Verdade

 

Pegue cada um de nós sentados aqui, juntos. Cada um de nós tem um elemento de medo humano que deve ir para a chama do perfeito amor, para receber a verdade. Caso contrário, se o medo estiver presente, o pronunciamento da verdade causará terror em nós, e nosso medo se tornará um tormento.

 

Consideremos isso ao analisarmos esses poucos versículos de São João. Para começar, vou voltar aos quatro versículos anteriores dos que li para vocês anteriormente. Este é o versículo 7 “Amados, amemo-nos uns aos outros, porque o amor é de Deus; e todo aquele que ama é nascido de Deus e conhece a Deus.”

 

São João fala de todo aquele que é nascido de Deus. Se todos fossem nascidos de Deus, ele não teria que falar sobre todos os que amam terem nascido de Deus. Em outras palavras, São João conhecia a história dos caídos e de seu homem mecânico e sabia, na grande sabedoria que havia adquirido de Jesus Cristo, que a marca do homem mecânico é a incapacidade de amar (de servir à vida).

 

O amor nasce de Deus. O amor vem somente de Deus e só pode ser transferido por Deus. E o único amor que pode ser obtido por qualquer um de nós é o amor que Deus primeiro nos deu. Como João diz no versículo 19: “Nós o amamos porque Ele nos amou primeiro”.

 

Qual foi o primeiro ato de amor de Deus? Ele nos dotou de uma chama trina. Em perfeito amor, Deus nos deu de si mesmo, seu amor, sua vida. A chama trina da vida é a chama do amor sustentada pela sabedoria e pelo poder de Deus.

 

(Vocês podem ver a importância do nascimento do ser humano, a alma, como já explicamos nas aulas do Ciclos do Relógio Cósmico, ela vem evoluindo, desde o mineral, vegetal, animal, e depois ela ganha o Espírito Santo, ela ganha a chama trina no coração, quando nasce ser humano. É magnifico. E esse presente não é a toa, nós precisamos nos fundir a essa chama, é este o caminho do grande amor de Deus, permitindo que nós possamos então ser um com esses seres maravilhosos da Hierarquia superior de luz!)

 

A Diferença Entre Amor e Simpatia Humana

 

O homem mecânico experimenta a simpatia humana em vez do perfeito amor. Se você ainda não sabe, aos poucos, à medida que avançar no caminho da vida, você perceberá a diferença. A simpatia humana está envolvida com autopiedade e piedade pelos outros, mas não é amor, nem é compaixão. A compaixão cura, porque eleva, porque tem a força da pomba do Espírito Santo.

 

O mundo está cheio de complacência humana. As novelas estão cheias disso. As atrações complacentes das pessoas são como as atrações complacentes dos corpos planetários que constituem sua astrologia individual - os empurrões e puxões do magnetismo das relações complacentes entre os corpos.

 

Relacionamentos complacentes, então, são mantidos por pessoas que vivem principalmente em uma consciência física e astral. A grande maioria do mundo mantém sua identidade própria, seu sentimento de segurança por meio da complacência humana e de laços de simpatia com as pessoas.

 

Quando as pessoas carecem do perfeito amor, elas podem repentinamente deixar de amar você, porque você não manifesta mais algo que elas esperam de você. Elas esperam que você atue de uma determinada maneira para atender às necessidades delas e, quando você não o faz, de repente, elas não são mais complacentes e gentis para com você.

 

Em vez disso, eles se sentem em perigo ou têm autopiedade. Eles choram, eles lamentam, eles têm acessos de raiva. Eles podem se tornar fisicamente violentos. Eles podem decidir que você não é mais amigo deles e colocá-lo fora de sua casa ou do clube deles.

 

Acontece como um estrondo, e você nem consegue imaginar como isso poderia acontecer tão de repente sobre as pessoas. Bem, isso não pode acontecer com as pessoas se elas tiverem um perfeito amor, mas acontece quando a base de um relacionamento é a simpatia, (a complacência). O perfeito amor significa que, porque nós nascemos de Deus e conhecemos a Deus, temos a capacidade instantânea de amar a Deus, uns nos outros.

 

Portanto, nós podemos continuar a amar a Deus, uns nos outros, não importando o que a pessoa exterior faça. Podemos amar a luz que é a fonte de cada célula viva, mesmo que toda a consciência que usa esse campo de força não esteja mais a serviço de Deus. Não podemos simplesmente parar de amar a Deus.

 

Tudo que veio de Deus, é Deus!

 

Deus é o fogo no coração da célula que compõe as cadeiras em que você está sentado. Você sabe, algumas pessoas odeiam coisas inanimadas. Eles não gostam disso, daquilo ou de outra coisa, porque não gostam de sua cor, ou forma, ou projeto. Você não precisa experimentar ódio de nenhuma forma, porque “aquele que não ama, não conhece a Deus; porque Deus é Amor, (Perfeito Amor).”

 

É muito simples. Se você não pode amar, então você não conheceu a sua Poderosa Presença EU SOU. Uma vez que você conhece a sua Poderosa Presença EU SOU, e faz o contato, o fogo do amor é intenso em sua descida e desce como o Espírito Santo do Pai e do Filho.

 

Portanto, quando Deus libera esse Espírito Santo, por meio de Seus avatares, somos imediatamente convertidos à luz. Uma transferência de amor intenso derreteu instantaneamente o nosso medo e chegamos a uma experiência de amor.

 

Comecei falando sobre ter um reservatório de amor em nossos corações para transmitir às pessoas que precisam de cura. Bem, isso é o que os Mestres Ascensos têm, e é por isso que, quando você realmente faz contato com eles, você experimenta a conversão. Uma parte do amor deles entra em sua vida e você renasce. Você experimenta um renascimento, que é outra definição de conversão.

 

No entanto, você precisa ter algo em você que possa magnetizar amor suficiente para ter uma experiência de conversão. Mesmo se houver camadas e camadas e camadas de infâmia humana sobre ele (seu coração), o âmago do seu ser tem que ter a matéria-prima - uma chama de Deus e alguma devoção prévia ao amor de Deus - para polarizar com o amor de um ser ascenso.

 

Você também precisa ter um reservatório de amor em seu coração, para que, magnetizando o amor de Deus, você possa ser usado como um instrumento para transferi-lo para aqueles que precisam de conversão, aqueles que podem não ter o suficiente em si mesmos, daquilo que é necessário, para ter um contato direto com um Mestre Ascenso.

 

Portanto, torna-se a meta do seu caminho, dar o amor do seu coração a alguém que precisa de mais amor para experimentar a conversão. Você faz isso porque o seu amor pelo Deus que você conhece, é tão intenso, que é transferido para a pessoa diante de você, que parece não conhecer a Deus.

 

O Cristo é o Amor de Deus Enviado ao Mundo

 

Eu vou ler o versículo 9. “Nisto se manifestou o amor de Deus para conosco, porque Deus enviou seu Filho unigênito ao mundo para que, por meio dele, vivamos.” Este é o perfeito amor de Deus.

 

No início, Ele nos deu uma chama trina. Nós paramos de adorá-la. Ela foi reduzida em tamanho até que não conhecêssemos mais, através daquela chama trina, o Filho de Deus em nosso templo. Assim, o amor de Deus se manifestou no momento em que Ele nos enviou o Seu Filho unigênito, o Cristo, o Cristo universal, ao templo de Jesus Cristo, para que pudéssemos viver por meio desse Cristo (em Jesus).

 

Este é também o amor de Jesus Cristo, porque muito antes de encarnar, ele decidiu derramar tanto amor ao Pai, que o Pai o dotaria com a plenitude daquele Filho unigênito.

 

Versículo 10: “Nisto está o amor: não em que nós tenhamos amado a Deus, mas em que ele nos amou a nós, e enviou seu Filho para propiciação pelos nossos pecados”.

 

Nunca somos os originadores do amor. Deus nos amou primeiro e com seu amor temos feito a nossa vontade. O exercício de nosso livre arbítrio determinou como gastamos esse amor, que se manifesta como a energia do Espírito Santo.

 

O Amor de Deus é a Propiciação por Nossos Pecados

 

O amor de Deus é a energia que desqualificamos e, portanto, o medo é amor desqualificado. Repito, o medo é amor mal qualificado.

 

A chama dentro de nossos corações, a presença do Guru Jesus Cristo e do Cristo Universal, como nosso Cristo Pessoal, é o amor de Deus enviado ao mundo para ser a propiciação pelos nossos pecados.

 

Como é a propiciação pelos nossos pecados? Pelo próprio processo, que eu expliquei, pelo grande mistério do amor queimando com um calor alquímico para transformar os elementos dos corpos etéreo, mental, emocional e físico, dentro das células. É assim que o Filho de Deus, que entra em seu templo, é a propiciação pelo seu pecado.

 

Ele acrescenta ao seu templo o momentum do fogo sagrado do amor, e toma sobre si os seus medos, seus pecados, que você não foi capaz de transmutar porque não foi capaz de esquentar em seu fervor pelo Deus Todo-Poderoso. É por isso que Deus denunciou os mornos, porque os mornos não podem ferver a panela. Eles não podem mudar ou ter a alquimia do Espírito Santo.

 

Deus olha para um mundo morto e moribundo, marcado por sua frieza - frieza de temperatura, de pessoas e de seu ódio e criações de ódio - e Ele envia amor ao meio deles para aquecê-los, para que esta substância possa ser retirada, e o verdadeiro ouro das almas possa nascer e se tornar Deus. Este é o caminho de Deus para a salvação.

 

O Caminho Alternativo de Deus Para a Salvação

 

O que acontece quando as pessoas rejeitam esse caminho de salvação?

 

Não há outro caminho. Jesus Cristo disse: “EU SOU a porta, ninguém vem ao Pai senão por mim”. - João 10:9. Sem a Santa Chama do Cristo e o Santo Cristo Pessoal, não podemos purificar nossos templos, do medo. A única maneira é pelo amor encarnado na Palavra.

 

Deus teve de fornecer uma alternativa, a segunda morte, para aqueles que se recusaram a acelerar o amor para criar o fluxo em forma de oito da transmutação.

 

Então, a matéria e a substância serão involuntariamente - não de acordo com o livre arbítrio do indivíduo, mas involuntariamente, de acordo com as leis de Deus - enviadas ao Grande Sol Central. Ali, o fogo sagrado a cozinha, transmuta e, mais uma vez, os componentes da energia ficarão livres, prontos para serem usados em criações alternativas.

 

É reconfortante saber que existe uma alternativa, que o livre arbítrio tem suas responsabilidades, suas definições bem definidas, e aqueles que não são responsáveis (com as energias da vida), aqueles que nunca alcançaram a perfeição do amor, não podem passar pela transição da espiral de fogo da ascensão à Presença EU SOU.

 

Eles devem passar pela espiral de desintegração pela qual a espiral de fogo que passa por eles desintegra essas moléculas do medo, separa-as, permite que elas voltem ao Sol Central e sejam despojadas dessa ausência da polaridade do amor.

 

Uma Guerra Acontecendo em Nosso Ser

 

Versículo 11: “Amados, se Deus assim nos amou, nós também devemos amar uns aos outros.”

 

Paulo falou da guerra em seu ser, e daquele bem que ele faria, mas ele não fez, e do mal que ele não faria, mas que ele fez. - Romanos 7:15-23

 

A guerra em nossos membros (as células de nossos 4 corpos inferiores), o fato de estarmos em desacordo com nós mesmos, de não gostar de nós mesmos, a parte do eu que são ilhas de escuridão não transmutadas, confrontando ilhas de luz, é uma mistura que não está em harmonia. Portanto, há uma guerra acontecendo, um Armagedon no templo (interior de cada um de nós).

 

Eu digo isso porque o apóstolo Paulo deseja que amemos uns aos outros em nosso próprio templo. Ele ensina a ciência da harmonia por meio da qual estabelecemos o amor de partes de nós mesmos pelas outras partes de nós mesmos.

 

O coração é o assento do amor ele enviará amor à mente, à alma, ao subconsciente, ao fígado, aos rins, ao estômago e aos pulmões.

 

Deve haver um fluxo interno de amor. Como o fluxo em forma de oito entre o chakra cardíaco e a Poderosa Presença EU SOU, ou entre a célula e o Sol por detrás da célula, deve haver um fluxo em forma de oito entre todas as partes do corpo.

 

Cada parte do corpo está interconectada; recebe mensagens constantes pelos nervos e pela luz que viaja pela corrente sanguínea. O corpo inteiro está em contato com o corpo inteiro, e é um cosmos. Cada parte do corpo deve ter um relacionamento amoroso com todas as outras partes do corpo.

  

Isso não é bobeira. Se você roer as unhas, comer muito, fumar cigarros, usar drogas, deixar de ser bom para si mesmo, há uma guerra entre seus membros. Uma parte de você não gosta de outra parte de você e então você se vinga da parte que você não gosta, fazendo algo que é prejudicial ao corpo físico.

 

Um Momentum Anti Mãe

 

Quanto mais distúrbios psicológicos as pessoas têm, mais elas infligem todos os tipos de coisas aos seus corpos físicos. As pessoas fazem coisas abomináveis com seus corpos.

 

Sabemos, portanto, que existe uma força de anti corpo, e uma vez que o corpo é a Mãe, é uma força de anti Mãe que nos faz fazer coisas que destroem a harmonia e o fluxo em forma de oito dentro de nossos seres. Na verdade, é o momentum anti Mãe que nos faz pecar, criar karma e a temer, na medida em que funcionamos apenas em uma certa porcentagem da nossa capacidade.

 

As células e os vários órgãos estão trabalhando apenas em uma determinada capacidade e temos que olhar diretamente para as condições pelas quais permitimos que isso continue.

 

Esta é a espada da verdade, e é o olho que tudo vê do quinto raio que coloca um holofote em nossos momentuns subconscientes e revela a cada um daqueles elementos de ódio de si mesmo que são realmente o ódio do Grande Eu Divino. A dúvida e o medo são realmente a dúvida e o medo do Grande Eu Divino.

 

Essas coisas encurtaram o tempo de vida das evoluções das quais fazemos parte, causaram envelhecimento, doenças, morte e assim por diante. Portanto, nós devemos amar uns aos outros e cuidar para que os elementos do corpo dos desejos e do corpo mental não punam o corpo físico.

 

Então nós saímos para outros corpos, nossos irmãos e irmãs, e cuidamos para que, não pela palavra falada, não por um comentário cruel ou algo cruel ou sarcástico, inflijamos a outros corpos o ódio contido dentro de nós por uma parte de nós mesmos.

 

O único momento em que as pessoas são más, teimosas ou destrutivas para com os outros é quando há uma ausência de resolução dentro de si mesmas, e essa ausência de resolução remonta ao relacionamento da alma com Deus. O ponto desta escritura é que o medo tem tormento e o medo que é entretido é, em última análise, o medo do dia do julgamento.

 

Medo do Dia do Julgamento

 

Versículo 17: “Nisto se aperfeiçoa o nosso amor, para que tenhamos ousadia no Dia do Juízo: pois assim como Ele é, assim somos nós neste mundo.”

 

Assim como ele está acima, a Poderosa Presença EU SOU, Jesus Cristo e o Cristo Pessoal, assim estamos nós no mundo, porque nossa alma é um espelho d'água.

 

Pelo perfeito amor, nosso espelho d'água reflete a perfeição de Deus Pai, do Filho e do Espírito Santo, pelo fervoroso amor que perpetua o fluxo em forma de oito.

 

O que é ousadia no dia do julgamento? Ora, vamos direto ao Conselho Karmico e dizemos: “Aqui estou. Pela autoridade da santa vontade de Deus em mim, eu invoco o julgamento e estou pronto, Senhor, para o seu julgamento.”

 

As pessoas no planeta temem o dia do julgamento com tanta intensidade que nem conseguem enfrentar o medo. Seu medo se tornou subconsciente, interpenetrando as células para se tornar em uma calcificação que começamos a perceber na personalidade, como uma rigidez ou intolerância intensa, ou fanatismo.

 

Então, a calcificação como rigidez torna-se ineficaz. As pessoas estão tão amedrontadas que não conseguem se mover ou tomar medidas decisivas. Tornam-se supersticiosos ou ansiosos por acumular riquezas, pois todos os seus medos estão centrados na ideia de que podem perder a alma. Eles têm tamanho momentum de dúvida em seu mundo que a maneira de compensar é entrar no culto do sucesso e acumulo de riquezas e mais riquezas.

 

O medo é expresso de mil maneiras. O Olho de Deus Que Tudo Vê, e o Espírito Santo, permitem que você compreenda o tormento do medo na vida das pessoas. Eles se sentam em frente à televisão por horas todos os dias porque temem a realidade. Eles temem viver uma vida real, um amor real, um relacionamento real, uma família real. Eles vivem indiretamente por meio de todas as coisas sem sentido que desfilam naquele aparelho de TV.

 

Isso é medo, mas eles parecem assustados? Eles riem, conversam, continuam comendo e engordam com o que comem quando assistem TV, em vez de sair e se exercitar e respirar prana. Você não olharia para estas pessoas e diria: "Bem, essa pessoa está cheia de medo.“

 

Então, você pensa em todas as outras palavras para descrever isso, como: desorganização, desordem, substância astral, casas que não são limpas, pessoas que são desleixadas, e lista todas as diferentes condições de consciência.

 

É uma ausência de focalização no centro do sol de seu coração e no centro do sol de suas células. Esse centro é a Cruz Cósmica de Fogo Branco, e uma Cruz Cósmica de Fogo Branco sela cada célula de seus quatro corpos inferiores. Para se estar nesse ponto de alinhamento é necessário ter uma vida e amor verdadeiros, e tê-los aqui e agora.

 

“Ousadia no Dia do Julgamento”

 

O que todos nós buscamos é “Ousadia no dia do julgamento”. Não podemos ter ousadia no dia do julgamento, a menos que tenhamos trazido os nossos medos - chamados de pecado pelo mundo - perante Deus.

 

Eu digo que todo medo é um pecado, a menos que seja o verdadeiro temor do Senhor, o temor do Senhor que tem um respeito saudável pelas vastas leis do cosmos e pela presença de Deus em nossas vidas.

 

Qualquer outro medo é pecado porque é anti amor e uma ausência de amor. Nós mantemos o medo ou o pecado porque não confessamos nossos pecados ou, ao confessá-los, não os liberamos para serem consumidos.

 

Cada acúmulo de medo em nossas células tem por trás de si a consciência de um ato pecaminoso, que pode ser um pensamento, um sentimento, uma palavra ou ação, um impulso descontrolado. A substância do medo não chegou às suas células porque a poeira veio do céu; chegou lá por causa do mau uso da chama do amor do seu coração.

 

Portanto, o acúmulo de substância que é construído nas próprias células deve ser colocado na chama pela confissão do pecado e o reconhecimento de que aquele medo em si, agora é denunciado e abandonado, e não será mais mantido.

 

Nós temos que consumir a substância do medo e a consciência por detrás desta substância. A consciência do medo por detrás do medo é a causa por detrás do efeito, como o Sol espiritual por detrás da célula. Eles são paralelos.

 

O Sol perfeito do amor está por detrás do sol da célula e a consciência imperfeita do medo está por detrás da energia desqualificada que entra em seu corpo causando doenças e limitações. Limitações porque você não pode fazer certas coisas, sua mente é limitada, você não tem a inteligência que deveria ter ou a capacidade de atuar com eficácia.

 

Espero, com os ensinamentos dados até agora, que você tenha um senso iluminado do que é medo, do que é pecado e do que é a causa do medo.

 

 

   Elizabeth Clare Prophet

 

 

- Ir para a continuação 3/3 deste ensinamento >

 


- Ao copiar nossas páginas, indique sempre o web site - www.eusouluz.com.br -


- Colabore para a Expansão da Luz! -


Voltar para a Página Anterior

 Conhecer Outras páginas